Blog de Notícias de Contabilidade

22 de outubro de 2019

SISCOSERV – Quando é obrigatório o registro?

O Brasil possui atualmente um grande volume de compra e venda de serviços no exterior, seja em representações comerciais, operações logísticas, ou participação em feiras. Para […]
17 de outubro de 2019

Quando e porque fazer a análise tributária na sua empresa?

No atual mercado competitivo e recessivo, de aumento da concorrência, a análise tributária assume um papel estratégico. Encargos relativos a impostos e contribuições são, em muitos […]
17 de outubro de 2019

Em Foco Palestras – Entenda o reflexo no preço dos produtos, através da escrituração de notas fiscais de entrada

A próxima palestra em foco da Exatus ocorrerá no dia 29/10. O tema é muito relevante para as empresas, pois trará sobre o reflexo que existe […]
10 de outubro de 2019

20° Congresso Internacional da Gestão

CHEGOU A HORA DE RENOVAR E TRANSFORMAR! Isto acontece diariamente, para enfrentar uma jornada de desafios em um cenário de profundas incertezas. É cada vez mais […]
7 de outubro de 2019

Recuperação de tributos – Fale com a EXATUS!

Entre em contato com a Exatus para fazer a recuperação dos tributos recolhidos a maior em sua empresa nos últimos 5 anos!
2 de outubro de 2019

Prorrogada a isenção do ICMS no transporte de cargas no RS

Através do Decreto 54.807 de 01/10/2019 o Estado do RS prorrogou a isenção do ICMS incidente sobre as prestações de serviços de transporte de cargas realizadas […]
30 de setembro de 2019

Término da isenção de ICMS no serviço de transporte

No dia de hoje, 30/09/2019, está terminando o benefício fiscal de isenção de ICMS no serviço de transporte interno e interestadual, e o Estado do RS […]
17 de setembro de 2019

Em Foco Palestras – O Futuro das Organizações

Estamos em meio a uma mudança de era, já parou para pensar qual será o futuro da sua empresa neste contexto? É com essa questão que […]
17 de setembro de 2019

Descubra 2 Regras para Baixa de Ativo Imobilizado na sua Empresa

Você sabia que existem formas de baixar o ativo imobilizado da empresa respeitando e seguindo 2 regras básicas?